No lado esquerdo

Meu lado esquerdo é um cocô. Claro, eu sou destra, naturalmente desenvolvo mais o lado direito – mãos, pés, bláblá. Mas é muito ruim mesmo, ele é fichinha perto do direito.

> minha “borboletinha esquerda” desce menos que a direita;

> se eu encosto minha cabeça no joelho direito mole,mole, no esquerdo é um sofrimento;

> meu en dehors, fora do chão, esquerdo é pouquíssimo, se comparado ao direito.

MAS,  meu equilíbrio é melhor no pé esquerdo e meu en dehors, no chão, também.

Tem bem mais coisas, como battement tendu, que são assim. Aí vez ou outra a professora pede pra fazermos com o outro lado, e já era, ridículo. As meninas da minha sala também reclamam disso. Não sei se é assim em todas as escolas – é?

E aí? ele fica como?

Um dia desses propus a professora que fizéssemos uma porção de aulas, com todos os exercícios no lado esquerdo. Sinceramente, eu acho que deviam ser passados um de cada vez, pelo menos. Não sei se fez porque eu faltei as duas últimas aulas. Fui só no ensaio, mas se eu não fosse ia dar na mesma. Era melhor eu ter ficado em casa.

°°°

Hein, anteontem eu tava lendo meu “diário” de ballet. Gente, como eu ri. Parece que foi há séculos. Tô pensando em passar umas partes pra cá. Depois eu vejo…

Anúncios

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s