Magreleza

Se tem uma coisa que eu não aguento mais é a reclamação de que “ai, eu engordei!” lá no ballet. Porque eu escuto isso de meninas macérrimas. Meninas que tem 1 e 60 de altura e pesam 42 quilos.

Desde quando ela está gorda ou engordou porque o ponteiro está mais perto do meio que do começo? Ah, vai arranjar coisa pra fazer!

Eu, quando trabalhava (não contei? eu saí!), saía direto de lá pro ballet, morrendo de fome. Então eu parava numa padaria e comprava o que tivesse de grande pra matar a fome, e algumas vezes era bolo (também sanduíche natural, que é uma delícia!), de qualquer coisa.

Era eu pisar na academia com um de chocolate que vinham os olhares e as frases: “é, Cyndi, você vai engoradar, heim!” “olha lá se isso é comida de bailarina…” Mas se eu oferecesse corria o risco de ficar sem!

Putz, eu não aguento isso! Faço aula cinco vezes na semana, eu gasto muita energia, não posso repor? Quer dizer que só porque eu faço ballet eu tenho que viver na salada? Ou melhor, eu tenho que viver fininha, o número 1 de lado, chassi de borboleta? Ah, me poupe!

Exemplo da menina de cima: ela tem mais ou menos 1 e 60, com mais ou menos 42, 43… Eu lembro que uma vez calculamos o IMC dela e deu 16 e alguma coisa. Se eu não me engano, o saudável é estar entre 18 e 23. E 16 ela estava muito abaixo. (e se eu chamasse ela de magrela ela brigava comigo. mas chamar de baleia – pingando ironia – ela concordava.)

Já eu, tenho 1 e 73, e peso 58, 59 (quando eu falo isso – com muito orgulho – as meninas quase tem um pirepaque! nunca viram peso acima de cinquenta…), o que está esquisito, porque eu normalmente eu peso 60 e não sei como eu emagreci sendo que eu como pra chuchu (nã, chuchu não, eca!) caramba (e eu não gosto disso. eu queria ganhar massa – massa muscular! hihi). Vai ver são os tais cinco dias de aulas que eu falei… viu só? Voltando, meu IMC é 20, mais ou menos.

Segundo isso, eu estou com peso bom. E não vou emagrecer, a menos que um nutricionista diga. De jeito nenhum vou puramente pra ficar mais bonita na foto. Mais bonita por quê? Porque tô magra? Ah, vai te catar! A pessoa tem que ter a cabeça fraca pra acreditar que só é bonita magrinha (envolve n fatores, também…)

Olha, gente toda que me olha esquisito quando como um brigadeiro, eu vou comer. O que me der vontade, porque eu não vou perder o meu tempo tentando ser o que eu não sou, eu vou é dançar.

E se eu ouvir mais um “eu engordei!” quando se trata de 200g (acho que isso nem é engordar, acho que é variação do dia, normal…), eu vou tomar sorvete na frente dela. Bicha má…

°°°

Obs: eu sei que as cias de ballet querem que suas bailarinas sejam magrinhas, eu não estou negando isso. Só estou falando que chega uma hora que é ridículo reclamar de gordura inexistente. E, claro, que anorexia é uma doença séria que deve ser tratada.

Acho melhor eu parar logo pra não saturar issaqui de besteiras…

Anúncios

10 comentários em “Magreleza

  1. gostei bastante do post!

    lá na academia não tem, pelo menos na minha turma, ninguém que fale isso não… muito pelo contrário, esses dias minha professora levou até bolo pra comer e deu pra gente! =)

  2. Mas, Nanda, comer eles comem – se não comem… O problema mesmo é que reclamam e tudo mais… enche o saco! rs
    Dia desses fizeram o aniversário de uma menina lá também, com bolo e torta…

    Beijocas!

  3. eu não minto que eu fico paranoica quando aumento o meu peso! minha amigas quase me batem oeooeoeo, mas tudo depende da pessoa! eu era chamada de nomes que não gostava pq era gordinha quando criança. na adolescencia passei a emagrecer e magra agora fiquei! até apelido de olívia palito eu tenho de uma amiga! oeoeooeoeoe! mas o importante é saber se respeitar e ver o quanto vc é linda como bailarina do jeito que vc está!

  4. Cyndi coma MESMO! Você faz aulas todo santo dia, o corpo precisa de “combustível” para se sustentar. Adianta estar muito magra e ter uma queda no desempenho porque o corpo não consegue se manter no prumo? E sobre a magreza das companhias, isso vem mudando um tempinho para cá, viu?! Porque está atingindo diretamente a saúde dos bailarinos. E com saúde, não se brinca.

    Grande beijo.

  5. É eu concordo… É claro q vc têm mais que so kg, vc tem quase 1,80, a não ser q vc fosse modelo, seu peso está mais do que ótimo… Veja à mim, por exemplo, tenho só 47 kg, mas pq eu só tenho 1,55 de altura… Acho que isso vai do biotipo da pessoa mesmo sabe?? Minha mãe tem 1,67 e só tem 45 – 48 de peso, ela sempre foi muito magrinha na sua juventude, mas era natural, tanto q ela tomava remédio p/ engordar, devido as zoações. Magrinhas tbm sofrem , sabe?? rs… Mas eu devo confessar uma coisa, eu acho q os movimentos ficam mais bonitos quando a pessoa é magrinha, não esquelética, mas no peso, sabe?? Eu , por exemplo odeio me olhar no espelho na hora das aulas, pois nós fazemos sem saia, só c/ collant e meia, e as “gordurinhas” interiores da minha perna ficam se encostando kkkk…. Nossa escrevi demais, enfim o q vc acha?? bjs

  6. Livinha, se preocupa com o peso não, flor, ai você fica louca, né? Viver em função da balança não é legal. Preocupe-se em estar saudável pra fazer ballet. Tá? Despreocupa aí! 😀

    °°°

    Cássia, eu vou MESMO mesmo, rsrs! Sabe, o que você disse é o que eu penso. Deu vontade de apagar tudinho e colocar só o que você escreveu. Adianta? Não, né…
    Olha, muito muito bom. E até que enfim! Com saúde não se brinca MESMO!

    °°°

    Alice, é verdade mesmo, é do biotipo. Conheço uma mulher magriiinha, mesmo depois de dois filhos. Ô se magrinha sofre, eu sei… era muto magrinha quando mais nova. Um palitinho. Fica mais bonitinho mesmo, no peso, como você disse.
    Tá falando da “barriga da perna”? Eu também tenho! Mas, aaah!, liga pra isso não. Liga pra você estar fazendo o exercício direito! Né?

    Beijocas, para todas!

  7. Aaai, vc mexeu no meu ponto fraco! Eu sou obcecada pela magreza. Ontem mesmo, fiquei louca pq engordei 1,25kg. Na verdade não é obsessão, é pq quando eu era pequena eu era gorda e depois que começei a dançar que eu emagreci e tômantendo o peso, por isso quando eu engordo fico desesperada.
    Quase fiquei doente, desmaiei, tive suspeita de bulimia mas me cuidei. Só acho que se eu engordar vou ficar pesada pra dançar ballet e só vivo de dieta. Eu sou contra a ditadura da magreza na dança, mas particularmente, eu não gostaria de ser uma bailarina gorda e não ser aceita pelas companhias de dança.

  8. Clarinha, meu Deus, bulimia? Ainda bem que você se cuidou.
    Poxa, assim você não vive tranquila, né? sempre com medo de comer alguma coisa? isso lá é bom?
    Queria que você pensasse nisso: uma coisa é você estar gorda, e outra é se achar gorda.
    Tá? Relax.
    (você quer ser profissional? que legal!!!)

    Beijocas!

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s