Jerry Ballerina

Eu acho que a primeira vez que vi alguma dança de ballet foi em um episódio de Tom e Jerry.

Mas, na época, eu sei que gostei muito mais da música e que lembrava dela mesmo depois de alguns anos passados (não sei porquê, mas, para música, geralmente eu tenho memória boa).

Aí eu me pergunto: por que eu não me interessei nessa época? (sendo época que assistia desenhos, era nova. mais ou menos)

 

Ah, tanto faz, agora!

 

Anúncios

5 comentários em “Jerry Ballerina

  1. Oi Cyndi. Adorei seu blog!
    O li todo, até. Hehehe.
    Adorei o fato de vc ser do ES também, porque nunca vejo ninguém daqui escrevendo bastante. Ainda mais sobre ballet.
    Bom, to comentando pra te dar os parabéns e porque sou enxerida mesmo e queria entender porque você deixou as aulas de ballet.
    Eu tenho 20 anos. Sempre amei ballet. Olhava de longe e tinha uma sensação meio doida, de como se aquilo de alguma forma fizesse parte de mim. Mas nunca tinha feito aula. Fiz jazz ( que era meio fajuto) e ginastica olímpica, mas essa ultima me gerou uma lesão que me fez abandonar tanto a GO quando a dança e meus sonhos com o ballet. Isso faz mais ou menos 7 anos. É, isso tudo mesmo. E eu ainda sonhando com o ballet. Mas eu sempre tinha aquela desculpa de que era velha demais para começar e que não conseguiria nada com o joelho fodido.
    Há uns dois anos, junto com uma amiga, decidi tentar o jazz de novo. Fui pra uma aula muito mais puxada do que imaginava, e até gostei. Mas tinha 18 anos e as outras alunas 12, 13. Também tinha o fato de que eu fazia (ainda faço) duas faculdades, e minha professora não conseguia entender meus atrasos ou minha rotina totalmente diferente das outras meninas. Não dava pra me dedicar igual, então tive que sair. Além disso, as vezes me pegava olhando pra sala ao lado, vendo as meninas fazendo ballet e pensava comigo mesma “era isso que eu queria fazer”.
    Mais dois anos passaram, e nesse meio tempo não fiz um nada de exercício. Vi minha flexibilidade ir pro ralo e, a forca física nem se fala, mas não fiz nada. Até um mês atras. Foi lendo o seu blog, o da Cássia, e o da Carol Lancelotti que tomei coragem para tentar de verdade. Fui sozinha atras de escola. Não contei pra ninguém até a primeira aula. E foi mesmo amor ao primeiro plié.
    Claro que agora minha rotina é terrivelmente lotada. Estou no penúltimo período da faculdade, trabalho e ainda faço a outra faculdade pelo menos algumas matérias. Assim, pego dois ônibus pra chegar na escola, saio de lá correndo ou pra aula ou para o trabalho, e não paro até onze da noite que é quando chão em casa. Faço aulas duas vezes na semana, só. Mas foram os únicos dias que batiam com meus horários. Meu namorado fala que eu entrei numa roubada. Mas vou te contar, nunca estive tão feliz e orgulhosa de mim por estar indo atras dessa paixão.
    Muito obrigada mesmo. Você não faz idéia de como inspira as pessoas.
    Tenta voltar pro ballet Cyndi. Seria muito legal esbarrar com você em algum desses palcos daqui.
    Beijos!
    Ellen

  2. *-*
    Eeeeeeellen! Que comentário maaaais lindo! Chorei!
    (mas gente, você leu tudo! =o puxa!)

    Do ES? \o/ Eu só conheci uma blogueira mais ativa daqui, mas ela já parou de atualizar. Eu até fiz uma aula com ela.
    Você é de onde? Tá fazendo aula onde? (Hehe, eu sou enxerida também!) A gente podia ver se dá pra fazer uma aula juntas, né? =D

    Fico super-mega-ultra-power feliz de ter de incentivado, junto às duas que me incentivaram a fazer aulas e criar um blog, hehe!!! Mas muito! =’)
    Mesmo com a rotina super pesada, a nossa maior alegria do dia é ir pra aula, ainda que sejam duas aulas. A sala tem quase que uma “áurea mágica” que transforma o dia todo, quiçá mais.

    o negócio das minhas aulas é mais pessoal do que por conta de horário mesmo. Eu tô procurando outras escolas, porque não aguento mais ficar fora do ballet! É uma coisa viciante: começou, não dá pra parar, rs

    E quem sabe a gente se encontra, né?

    (sem problemas com comentários grandes, eu sempre os leio todos, haha)

    Beijocas, Ellen!
    😀

    1. Eu sou de Vitórinha, mesmo, Cyndi. Meu blógui (hehehe) é meu diário virtual da vida de último ano na faculdade aqui, inclusive.
      Tô fazendo aula na Monique Vieira (a antiga Renata Pacheco), e, como mudei de turma há uns dias e a outra menina da minha sala está viajando, estou fazendo aula sozinha! Hahaha, é meio estranho, mas é legal ao mesmo tempo. Venha fazer aula comigo um dia! (só tem que ter disposição de ter aula 7:30 da manhã)
      Te juro que lá é o lugar com mais horários disponíveis que eu já vi (principalmente pra adulto).
      Estou pensando seriamente em ir ver o passo de arte esse ano. Você vai?
      Bjs

  3. Vitória, aqui pertinho!!
    Então, meu pai trabalha aí perto da Monique! Talvez um dia a gente marque, né? 😀 (mas, aiiii, é muito cedo! :-o)

    Passo de arte vai depender do dia. No meio da semana não dá, porque é de noite e tal…

    Beijooocas!

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s