se não…

Hoje eu faria cinco anos de ballet… se não tivesse parado nenhuma vez, se tivesse sido bem mais frequente.

Puxa, eu estaria bem melhor hoje, ahn?! hehe.

Essa semana foi meio ruim. Foi o dia internacional da dança. Vi o filme Dança Comigo?, e fiquei mais pra baixo, porque relembrei o quanto eu gosto de dançar. Completaria cinco anos de ballet, se não tivesse parado.

Mas eu sou do time que acredita que tudo o que acontece é porque tinha que acontecer, então eu não fico com remorsos ou sentimentos de arrependimento. Mas isso não quer dizer que não esteja triste. Bem, eu acho minha história no ballet um pouco triste, mas, se eu parar pra analisar, tem bastante coisa que eu aprendi com essa história.

Então, o melhor mesmo é não lamentar, e, sim, agradecer.

cyndi

Anúncios

3 comentários em “se não…

  1. Own, Cyndi! Sei como é olhar para trás e perceber um caminho que foi turbulento e meio triste. Precisamos mesmo olhar as coisas boas, o aprendizado, a experiência. Esses dias está meio difícil pra mim ver o lado bom, mas essa dificuldade também faz parte. Haha. Acho que minha história com o ballet também vem carregado de melancolia. Algum dia darei uma révérence para tudo isso e espero que seja sorrindo, como você nessa foto. 🙂 Beijinhos!

  2. A gente sempre espera uma história contente, né, Jinnye? hehe
    Mas temos, sim!, muita coisa boa pra olhar. Só de ter feito amizade, eu acho que já vale a pena =)

    Mas poxa, o que houve? Vi suas fotos do festival e parecia tão certinho, e você tão contente! ó.ò

    Minha flor, você vai ter seu reverencé sim! e vai ser depois da sua variação ^_^ dançando lindona, vai olhar pra trás e agradecer sua história.

    Beijocas, amore!

    1. Estou feliz com muitas coisas, mas as coisas ruins têm me afetado muito também. Depois te conto tudo direitinho por inbox.

      Sonho com isso! Haha O dia em que dançarei uma variação e terminarei completamente satisfeita com minha trajetória.

      E espero que você possa ter diversas novas experiências felizes com o ballet, afinal tua história com o ballet não acabou, a gente sempre acha alguma forma de manter ele presente na nossa vida. ^_^

      Beijinhos, Cyndi!

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s