Quanto tempo o tempo tem?

esse post foi originalmente escrito em 2013, ficou nos rascunhos e, de lá pra cá, muita coisa aconteceu. vou atualizar. legal essa barra de rolagem, né? vou escrever qualquer coisa pra ela ficar maior. internet abas mamilos porta agenda vestido catrina guarapari búzios minha arte domingo hoje é sexta acabou chorare no meio do mundo ah papapum iggy costurei um passarinho ficou muito fofo mas o tecido desfia um pouco rato roeu a roupa do rei de roma você gosta de pudim? se leu tudo responde amoeba nos comentários e vamos criar uma piada interna rs diminui o volume da tevê e escuta pelo telefone beijos amo vocês

Pode parecer, mas o post não é sobre a falta de atualização deste meu blog (se bem que poderia ser, porque tem MAIS DE MÊS que não escrevo aqui).

Dia desses, eu conversei com um amigo que eu não via há algum tempo. Ele também fez ballet, ficou um tempo parado e voltou descompromissadamente.

E a nossa conversa só reforçou um fato que eu notei, e meu professor também: quando nós dois voltamos, depois de algum tempo parados, voltamos mais animados. Sei lá, mais esforçados, talvez. Nós dois dissemos que nos jogamos mais agora, sem pensar em quanto vai ser difícil, ou doer.

Eu acho, por minha parte, que é por não ter mais certeza de que vou conseguir fazer aulas por muito tempo.

Quando eu comecei, com 15, eu achava que NUNCA iria parar. Daria um jeito, faria aula em outro horário, qualquer coisa. Aí, uma lesão aconteceu, uma decepção aconteceu. E parei. Minha certeza de nunca parar foi pro ralo! E passei a  desacreditar conforme o tempo ia passando e nada de voltar.

Voltei, saí, voltei, saí, dancei, dei aula (OOOOOOI? depois conto), saí, fiz uma aulinha ali acolá, e acho que só consigo voltar de vez agora quando terminar a faculdade e ter um empreguinho maneiro.

Dia desses (agora a história já é em 2015), fui fazer uma aula com o mesmo professor (gente, ele lê meu blog mesmo, dá pra crer? até perguntou se eu parei de postar. Oi, tio!), numa turma mais básica do que a que parei. Notei umas coisas: continuo com uma flexibilidade razoável, e ainda tenho problema pra decorar os exercícios, hahah. E me senti muito mais concentrada, focada mesmo. A vontade de fazer tudo, aproveitar cada segundo da aula era enorme. Não queria que acabasse. Queria gravar tudinho pra fazer em casa. Queria que meus músculos e minha cabeça respondessem direito.

Pode ser que, com mais idade, eu esteja levando mais a sério. Ou pode ser a saudade. Pode ser a incerteza da volta. Não sei.

Então, qualé a do tempo fora do ballet? Faz perder flexibilidade, agilidade, força, en dehors, etc, mas faz ganhar garra, vontade. MIM AJUDA, MOÇO.

Não sei como concluir esse post, esse assunto tá me fazendo ficar nostálgica e pensativa. So… chega mais, gente, contaqui como foi sair, e como foi voltar, ou o que vocês acham que vai ser o ballet no futuro de vocês. Sou toda olhos.

°°°

Um dia qualquer, vou contar quantas vezes escrevi “não sei” ou “sei lá” nesse blog.

 

Anúncios

2 comentários em “Quanto tempo o tempo tem?

  1. Oi, Cyndi!
    Eu faço ballet desde os 4 ou 5 anos (tenho 22 hehe), e dos 15 pra cá rolaram umas paradinhas. Das vezes que voltei, senti que a flexibilidade e as habilidades pra decorar coreografias/exercícios, bem como para executá-los (ou não hehe) continuaram bastante parecidas. Em fevereiro desse ano, voltei de novo. Aí a coisa de decorar e executar exercícios e coreografias já deu uma decaída (o que me deixa irritada com frequência), mas não acho que a culpa seja minha, da minha cabeça ou do meu corpo. Não. Digamos que esse ano eu estou fazendo aula num ambiente meio… Hostil. E acho que isso anda afetando meu rendimento.
    Será que isso existe?

  2. Ei, Sarah!
    Eu acho que existe sim! quem quer trabalhar/estudar num ambiente sufocante? atrapalha qualquer um.
    O que dá pra fazer provavelmente você já tentou, que é abstrair essas coisinhas que acontecem, ou tentar outra escola. Não sei se é possível.

    Espero que melhore, querida.

    Beijocas!

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s