Minhas sapatilhas e suas histórias – Partner Student

Olha só pra mim, continuando uma série depois de anos!

Pra quem não lembra (ou não estava aqui), eu comecei a contar sobre as minhas experiências com sapatilhas. Não foi/é nem um pouco fácil pra mim, como imagino que não seja pra muita gente. Meu pé quase não curva (não atinge a linha ideal, não tenho força), eu torci o tornozelo direito duas vezes – então ele é bem mais fraco que o esquerdo – e, pra completar, tenho um problema no joelho.

Li diversos artigos sobre sapatilhas pra tentar acertar. Enfim. Não acertei ainda, mas #fff. Esses artigos basicamente dizem que: pé forte, palmilha resistente; pé fraco, palmilha mole; pesada, palmilha dura. COMOFAS se eu tenho pé fraco e sou pesada?

Os profs disseram: palmilha mole. Fui. Era a Grisi, primeiro post da série. Não deu certo. Tentei uma mais dura, a Partner 180. Também não deu certo, segundo post.

E então, voltei pro team mole: Partner Student. Terceiro post, hehe.

Pensa numa delicinha! Amey amei. Ficava uma graça no meu pé, e eu conseguia fazer piqués numa boa (o que era o maior problema da P. 180). Eu tinha força suficiente pra forçar a caixa em ponta, massss….. eu não sentia firmeza nela. Claro. Partners Students não são feitas pra mocinhas grandonas. É o tipo de sapatilha degrau, acho. Você (eu, no caso) vai quebrar muitas dessa em pouco tempo até fortalecer os pés/tornozelos o suficiente pra usar outra, mais dura.

Mas lá estava eu, linda, me equilibrando como podia, tentando fazer a coreografia toda (era a valsa das flores, sete minutos de sofrência). Eventualmente, eu conseguia. Momentos felizes.

Até o CATAPLOFT

Caí e torci o tornozelo (essa foi a primeira vez). Daí foi morro abaixo, né. Parei de fazer aulas por umas semanas, voltei pra descobrir que estava fora da valsa, não poderia usar ponta por uns meses e fiquei putona. Saí do ballet, voltei quase 1 ano depois.

¯\_(ツ)_/¯

Triste fim da Partner Quaresma.

Pra finalizar: creio que, se continuasse a usá-la, ia me ajudar bastante. Eu sei disso hoje, mas, na época, eu não achava isso. Achava que ia quebrar rápido e nisso, partiria pra outra mais dura (ah, que novela!) Foi isso mesmo que aconteceu,  mas não foi mea culpa total. Explico no próximo post que, pela progressão aritmética deve sair em 2107

°°°

Usei a Partner Student pra tirar fotos de estúdio do último espetáculo que participei, ó só

IMG-20161130-WA0002

IMG-20161111-WA0000.jpg

Né fofis? Dá um desconto que eu tava sem aulas e recém recuperada da segunda vez que torci o tornozelo  (não aguento mais falar disso!!!! Já deu de torção vlw fw)

 

 

Anúncios

4 comentários em “Minhas sapatilhas e suas histórias – Partner Student

  1. “Você (eu, no caso) vai quebrar muitas dessa em pouco tempo até fortalecer os pés/tornozelos o suficiente pra usar outra, mais dura.”
    Bate aqui *soquinho*
    Tenho uma coleção de Partner Estudantes destruídas aqui em casa kkk

  2. Oi Cyndi! Por acaso cheguei ao seu blog aqui, pq tava pesquisando sobre uma sapatilha que eu tive…. (A dita cuja, Partner 180) hahaha.. Meu arco de pé não é mt forte, e eu nunca quebrei nenhuma das 2 que eu ainda tenho, mas em compensação elas estão beeeem molinhas e sei lá, não acho muito dura não, talvez por isso você quebre com certa facilidade também…. Já tentou encomendar uma com palmilha suuuuuper reforçada? Uma que eu ainda tenho e que usei HORRORES (demais mesmo) e que inclusive tive que pintar para uma apresentação pq a minha era rosa, é a “Prelúdio”, da Millenium…. essa sim é das mais duras, na minha opinião.. eu particularmente estou bem acostumada com ela, mas ela ainda está duríssima…. Não sei se te ajudei né… hahaah (parei de fazer ballet faz um tempinho) obs: no meu Instagram tem foto dela… @babiyee

    1. Oi, Bárbara!
      A Partner 180 foi meu terror, hahah! Fiquei tão frustrada! Não era a hora de eu usá-la… a próxima que vou comentar é a Prima Ballerina, dura igual pedra!

Comenta. É grátis! :-D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s